segunda-feira, 28 de abril de 2008

Amadora Saloia

Os recursos de moagens ao longo dos séculos XVIII e XIX estão bem patentes na paisagem do actual Município da Amadora com a presença dos grandes gigantes de pedra, que com as suas velas ao vento, produziam a farinha para a capital.

segunda-feira, 21 de abril de 2008



No dia 23 de Abril (quarta-feira) reunião na sede da ARQA para preparar o número 2 da revista da ARQA - Património em Revista. Tendo como temáticas centrais questões ligadas ao património da Amadora, mas não só, estamos abertos a ideias para artigos a publicar. Participa.

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Clã de Carenque



Dia 16 de Abril na sede da ARQA - Damaia, realiza-se mais um atelier do Clã de Carenque com o objectivo de criar vestuário e utensílios a utilizar em futuras recriações.

sexta-feira, 11 de abril de 2008

Passeio a Nisa e Vila Velha de Rodão

Passeio Sábado dia 19 de Abril à região de Nisa e Vila Velha de Rodão. Venha conhecer a história, a arqueologia, a geologia e as ricas tradições locais. Visitas guidas e refeição de cozinha regional.

Documentário

video

Documentário de Marc Jampolsky apresentado na sede da ARQA no dia 9 de Abril. Os novos achados em contextos de necrópoles celtas na Europa continental: França, Hungria e Itália. A sua relação com a cultura etrusca, os aspectos simbólicos e culturais, as lógicas de povoamento e a sua cultura material.

terça-feira, 8 de abril de 2008

Boas Vindas


A ARQA celebra este ano vinte anos de existência, com um conjunto de iniciativas das quais este blogue faz parte, pelo que aproveitamos o seu lançamento para efectuar uma breve apresentação do historial da Associação, bem como das perspectivas e objectivos para o seu futuro próximo.
Constituída em 1988, a Associação surgiu no âmbito de uma tradição de investigação arqueológica local que remonta à década de 60. A sua criação permitiu a congregação de um conjunto de pessoas que vinham actuando nesta área, estruturando e institucionalizando desta forma a sua intervenção, e possibilitando o surgimento de uma nova dinâmica de crescimento da actividade arqueológica e do próprio grupo de associados.
O crescimento deste projecto conheceu diversas fases de desenvolvimento, procurando-se obter uma evolução sustentada da actividade arqueológica na Amadora. Numa primeira fase (1988-1994), a estratégia da ARQA assentou na formação/recrutamento de colaboradores, e no acondicionamento e informatização do acervo arqueológico existente. O período que se seguiu (1995-98) permitiu consolidar a actividade arqueológica na Amadora, por intermédio do Gabinete de Arqueologia Urbana, resultante de Protocolo estabelecido com a Câmara Municipal da Amadora. Com a criação do Museu Municipal de Arqueologia, procedeu-se durante os anos de 1999 e 2000 à reestruturação e alargamento das vertentes em que assenta actualmente a actividade da ARQA.
Presentemente, para além da colaboração estreita que mantêm com o Museu Municipal de Arqueologia da Amadora, onde assegura, por intermédio do referido protocolo, diversas valências (abertura da Necrópole de Carenque, serviços associados ao laboratório de conservação e restauro, entre outras), destacam-se as iniciativas desenvolvidas pela Associação ao nível da divulgação e extensão cultural, acções que realçam a componente social associada à preservação do património.
Estas acções têm sido implementadas em áreas tradicionais, como a realização de cursos de iniciação, passeios culturais, e exposições, mas também em áreas inovadoras, como a internet, as recriações históricas e o recurso a réplicas de materiais arqueológicos.
Os objectivos imediatos da Associação passam pelo reforço e desenvolvimento destas actividades, pretendendo-se que estas envolvam um conjunto crescente de pessoas que participem de forma activa nas suas iniciativas, e que contribuam naturalmente para o incremento da base de sócios da ARQA.
Sem dúvida que 21 anos é já uma bonita idade, sendo nossa vontade que as comemorações constituam um estímulo para que sócios e colaboradores, a partir do seu historial, desenvolvam o futuro da Associação por muitos e bons anos.